quarta-feira, 14 de junho de 2017

Ó capitão! Meu capitão!




Título: Ó capitão! Meu capitão!
Autor: Walt Whitman
Música: Recomposed by Max Richter - Vivaldi: The Four Seasons, 1. Spring
Compositor: Antonio Lucio Vivaldi
Intérprete: Max Richter
Duração: 2:44'

Jogral: Bernardo Melo
Clicar aqui para ouvir




Ó capitão! Meu capitão!

Ó capitão! Meu capitão! terminou a nossa terrível viagem,
O navio resistiu a todas as tormentas, o prémio que buscávamos está ganho,
O porto está próximo, oiço os sinos, toda a gente está exultante,
Enquanto seguem com os olhos a firme quilha, o ameaçador e temerário navio:

Mas, oh coração! coração! coração!
Oh as gotas vermelhas e sangrentas,
Onde no convés o meu capitão jaz,
Tombado, frio e morto.

Ó capitão! Meu capitão! ergue-te e ouve os sinos;
Ergue-te, a bandeira agita-se por ti, o cornetim vibra por ti;
Para ti ramos de flores e grinaldas guarnecidas com fitas, para ti as multidões nas praias,
Chamam por ti, as massas agitam-se, os seus rostos ansiosos voltam-se;

Aqui capitão! querido pai!
Passo o braço por baixo da tua cabeça!
Não passa de um sonho que, no convés,
Tenhas tombado, frio e morto.

O meu capitão não responde, os seus lábios estão pálidos e imóveis,
O meu pai não sente o meu braço, não tem pulso nem vontade,
O navio ancorou são e salvo, a viagem terminou e está concluída,
O navio vitorioso chega da terrível viagem com o objectivo ganho:
Exultai, ó praias, e tocai, ó sinos!
Mas eu com um passo desolado,
Caminho no convés onde o meu capitão jaz,
Tombado, frio, morto.

Walt Whitman, “Recordações do Presidente Lincoln” in , Lisboa, Círculo de Leitores, 2006 (tradução de Mª de Lurdes Guimarães)



Biografia de Walt Whitman

“Poeta norte-americano nascido em 1819, em West Hills, Long Island. A família mudou-se para Brooklyn quando Whitman tinha quatro anos de idade. Até aos doze anos frequentou a escola oficial e depois trabalhou como aprendiz numa tipografia…” Clicar aqui para continuar a ler a biografia deste que é considerado o maior poeta norte-americano.

Walt Whitman in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2017. [consult. 2017-06-14 15:21:07]. Disponível na Internet: https://www.infopedia.pt/apoio/artigos/$walt-whitman


terça-feira, 13 de junho de 2017

Projetos acarinhados pela BE


No final deste ano letivo, não podíamos deixar de saudar todos aqueles que se esforçaram para obter bons resultados e, em particular, os alunos que participaram nos projetos "Parceiros de Leitura" e "Mais por Mais". Com efeito, o seu contributo, merecedor de candidatura ao Prémio de Mérito, na Categoria Solidariedade e Cooperação, traduz o espírito de entreajuda, que pretende pautar a missão do nosso agrupamento.


Em jeito de recordação, deixamos aqui o miminho oferecido pela professora Lurdes Manteigas, coordenadora do projeto "Mais por Mais", na sessão de encerramento do programa deste ano letivo.







sexta-feira, 2 de junho de 2017

Atelier de retrato_Semana das Artes


No âmbito da Semana das Artes, decorreu, na BE, um atelier de retrato muito concorrido, onde alunos e professores tiveram a oportunidade de ver a professora Graça Ramalho em ação.




ENTRE PARES

Inspirados pela docente, vários foram os adolescentes que  retrataram os seus colegas, num ambiente descontraído, mas produtivo.





Recordamos que também estão patentes exposições de trabalhos realizados por alunos de diversas turmas, na Sala de Estudo e nos pavilhões A e D.

A não perder.




quinta-feira, 1 de junho de 2017

Ana Luísa Matos apresenta "A Espada de Gelo"


É com muito prazer que anunciamos a vinda da escritora Ana Luísa Matos, que regressa à nossa escola para apresentar o segundo volume da Saga Four Elements, A Espada de Gelo.

É já esta quinta-feira, 1 de junho, às 11h45, no Auditório.


A ESPADA DE GELO

SAGA FOUR ELEMENTS (VOL. II) 



SINOPSE
Neste segundo volume da saga, a luta desigual contra a Rainha dos Seres Renegados adensa-se. As Princesas-Guerreiras continuam a busca pelo misterioso objecto, contudo dois novos súbditos da soberana ameaçam ferozmente o seu sucesso, revelando verdades passadas que porão em risco tudo aquilo em que acreditam.
Serena Moon descobre que o seu Príncipe prometido esconde um passado negro e desleal, todavia é seu dever encontrá-lo. Terá esta a coragem para confrontar James com as suas dúvidas, ameaçando ainda mais a sua instável relação? Permitirá Eric tal intento ou dificultá-lo-á, seduzindo Serena e levando-a por caminhos opostos?
Através de um perigoso ritual de incursão nas Trevas, Eric liberta finalmente as memórias encarceradas na Espada de Gelo, revelando respostas dolorosas e surpreendentes. Serão Serena e as amigas capazes de ultrapassar os seus piores receios? Como reagirão elas às consequências devastadoras da Profecia?
Escritas em papel ou incrustadas na lâmina, a Espada de Gelo reúne, assim, respostas há muito esperadas.



“Escrevo aquilo que gostaria de ler num livro e tal como se descrevesse um filme que visse pela primeira vez, com todo o entusiasmo, ideias e música de fundo". Ana Luísa Matos


A antiga aluna da Escola Secundária Miguel Torga nasceu e viveu, até aos nove anos, em Ponta Delgada. Veio então viver, com a família, para Lisboa, onde começou a dedicar-se à escrita como hobby. Aos 16 anos escreveu o seu primeiro livro e, ainda antes de entrar para a Universidade, os três primeiros volumes da Saga Four Elements.




quinta-feira, 18 de maio de 2017

Festival Ler ALTAmente




quinta-feira, 27 de abril de 2017

Voluntariado na Índia


Convidamos a comunidade escolar a visitar a exposição de Artes dos alunos do 11.º E, que apresenta ilustrações realizadas na disciplina de Desenho A, da professora Graça Ramalho.
Os trabalhos inspiram-se numa experiência de voluntariado, na Índia, relatada pela professora Ana Cristina Leitão.




Na biblioteca, até 6 de junho.



quinta-feira, 20 de abril de 2017

25 de Abril


 “A grande revolução do 25 de Abril é a mudança do estatuto da mulher em termos jurídicos.”

Irene Pimentel



SABIAS QUE, antes do 25 de abril de 1974, …
  • as mulheres não tinham o mesmo direito de votar que os homens;
  • as mulheres precisavam da autorização dos maridos para exercer certas profissões;
  • as mulheres não podiam dedicar-se ao comércio sem o consentimento do marido;
  • as mulheres podiam trabalhar na administração pública, mas estavam excluídas das funções de autoridade;
  • as mulheres não tinham acesso à magistratura e ao ministério público;
  • as mulheres não podiam ingressar na carreira diplomática;
  • as mulheres não tinham autonomia para escolher a residência comum do casal, sendo esta uma decisão exclusiva do marido, salvo em casos muito excecionais;
  • as mulheres não podiam ser as administradoras dos bens do casal, nem que os respetivos maridos assim o desejassem, já que a lei o proibia expressamente. Só o homem, na qualidade de “chefe de família”, o podia fazer;
  • as mulheres casadas não podiam obter passaporte e ausentar-se do território nacional sem autorização do marido;
  • salvo algumas exceções, as mulheres nunca detinham o poder parental, que era exclusivamente atribuído ao marido; 
  • o marido tinha o direito de abrir a correspondência da mulher;
  • o Código penal previa uma pena atenuada para um marido ou pai que matasse a mulher adúltera ou as filhas menores de 21 se "corrompidas"; não havendo qualquer pena se as agressões fossem menores. 

A partir do 25 de abril, estas formas de tratamento desigual foram sendo suprimidas, fruto de reformas sucessivas ao Código Civil e ao Código Penal.




De onde viemos? O que somos? 
Para onde vamos?





E atualmente? Passadas quatro décadas sobre a eliminação de referências discriminatórias ao “chefe de família” e ao papel da mulher no “governo doméstico”, como se encontram os lares portugueses?

Para responder a esta questão, contámos com a colaboração de 120 alunos da nossa escola (60 raparigas e 60 rapazes, do 7º ao 12º ano) que preencheram anonimamente dois inquéritos*:

  • Tarefas domésticas na família
  • Tarefas domésticas no meu futuro

Apresentamos, aqui, os resultados obtidos no inquérito "Tarefas domésticas na família" e convidamos a comunidade escolar à reflexão, quando se comemoram os direitos conquistados com o 25 de abril de 1974.


Tarefas domésticas na família


Os outros lá em casa




E eu





Para ver os resultados do inquérito "Tarefas domésticas no meu futuro" clica em (1) e (2).





* Guião de Educação Género e Cidadania – 3º ciclo, editado pela Comissão para a Cidadania e Igualdade de Géneros – Presidência do Conselho de Ministros













segunda-feira, 17 de abril de 2017

Desafio Cinéfilo


Congratulamos os alunos Miguel S. (10º F),  Inês C. (10º F) e  Catarina B. (12º F) e Irina V. (12º F) que responderam, com sucesso, ao desafio cinéfilo do mês de março, relativo ao filme francês de animação Persépolis.

Baseado na banda desenhada autobiográfica homónima de Marjane Satrapi, Persépolis integra o Plano Nacional de Cinema e foi distinguido com o Prémio do Júri no Festival de Cannes, foi candidato ao Óscar de melhor longa-metragem de animação e, entre outras distinções, ganhou o Prémio do Público nos festivais de São Paulo e Roterdão e foi considerado o Melhor Filme de Animação pelo círculo de críticos de Nova Iorque e Los Angeles.




terça-feira, 28 de março de 2017

quarta-feira, 8 de março de 2017

Dia Internacional da Mulher 2017


No âmbito da comemoração do Dia Internacional da Mulher, temos o prazer de convidar Beatriz Pacheco, ex-aluna da nossa escola e atualmente oficial piloto da TAP, uma das mais prestigiadas companhias aéreas a nível internacional, a participar num encontro com os nossos jovens do ensino secundário, esta quarta-feira, 8 de março, pelas 10h., no Auditório da nossa escola. 

No ano em que as Nações Unidas subordinam esta comemoração ao tema « As mulheres num mundo do trabalho em evolução: um planeta 50 - 50 até 2030», pretende-se, com este convite, suscitar um momento de reflexão sobre a forma como os estereótipos associados ao feminino e ao masculino ainda influenciam as escolhas e os percursos profissionais, o setor de atividade e a articulação do tempo do trabalho com a vida pessoal e familiar.

Com efeito, em 2017, continua a ser notória a sobrerrepresentação das mulheres em diversas ocupações/profissões (segregação horizontal), bem como a sua sub-representação em cargos de chefia. 


Eliminar os fossos entre os géneros na Europa

Mais mulheres na Ciência




Qual é o valor real do trabalho não remunerado

Shahra Razavi, especialista na Nações Unidas Mulheres, revela o verdadeiro valor do trabalho não remunerado e  o modo como podemos reduzir o fardo que pesa sobre as mulheres lutando contra os estereótipos profundamente enraizados.


terça-feira, 7 de fevereiro de 2017

Dia da Internet mais Segura


No dia 7 de fevereiro de 2017, comemora-se o Dia da Internet Mais Segura. Todos os anos, por esta ocasião, bibliotecas, espaços Internet, centros de inclusão digital, escolas, universidade seniores e grupos de cidadãos procuram juntar-se a esta iniciativa, promovendo, nos seus locais, ações sobre SEGURANÇA NA INTERNET.

A biblioteca escolar convida a comunidade escolar a participar neste ação, explorando os recursos fornecidos pela SeguraNet e apresentando alguns vídeos promocionais ou de sensibilização para a Segurança na Internet.



DESCOBRE OS JOGOS SEGURANET 





A APP SEGURA.NET

A app Pisca Mega Quiz permite testar conhecimentos sobre a segurança digital nas categorias: dispositivos, privacidade, comportamentos e aprender. Clica aqui para obteres mais informações.





AS TIRAS DE BANDA DESENHADA....





A  WEBSÉRIE Net com Consciência 
Centro Internet Segura 





E OUTROS VÍDEOS QUE DÃO MUITO QUE PENSAR:

1- Vídeo "PENSE ANTES DE COLOCAR ONLINE"




2- Vídeo "A PRIVACIDADE NAS REDES SOCIAIS"




3- Vídeo "PERIGOS REDES SOCIAIS - RESERVA-TE. NÃO TE EXPONHAS"





4- Vídeo "PERIGOS DA INTERNET"




5- Vídeo "O PERIGO À DISTÂNCIA DE UM CLIQUE"




6- Vídeo "INTERNET DANGER VIDEO"




7- Vídeo "O QUE É CYBERBYLLING NA PRÁTICA"




8- Vídeo "A SUA PASSWORD É A SUA IDENTIDADE DIGITAL"




9-  Vídeo "A HISTÓRIA DE MEGAN"






10 -  Vídeo "CAN WE AUTO CORRECT HUMANITY?"
Prince EA reivindica uma utilização consciente das tecnologias 






Consulta o site Seguranet onde encontrarás:
  • o Quiz INES para avaliares os teus conhecimentos sobre segurança na Internet;


  • o recurso educativo The Web We Want (versão portuguesa) criado com a colaboração de jovens europeus e aprovado pela Comissão Europeia.

Click to view the full digital publication online


  • e outros documentos e propostas de atividades, jogos, banda desenhada, clips de áudio e vídeo para te manteres informado e navegares em segurança na Internet.





terça-feira, 17 de janeiro de 2017

Encontro com Miguel Boim


Com vista à sensibilização para o património cultural de Sintra em contexto de biblioteca escolar, a Divisão de Educação da CMS promove um encontro com Miguel Boim, o Caminheiro de Sintra, no próximo dia 18 de janeiro, no Auditório da nossa escola.
O autor de Sintra Lendária – Histórias e Lendas do Monte da Lua encantará certamente todos os que tiverem a oportunidade de o escutar, no encontro marcado para as 13h30 e 15h15.





Miguel Boim nasceu em Lisboa, em 1978, e passou a sua adolescência no concelho de Sintra, onde passou dias e noites solitários em plena Serra – tendo então iniciado as suas primeiras pesquisas sobre a história de Sintra. Em 2011, publica o primeiro livro (ficção) intitulado Contos de Sintra (edição de autor). Em 2013, inicia, através dos seus próprios guiões e investigações, uma série de percursos e visitas guiadas em parceria com algumas instituições culturais e turísticas. Em 2014, cria uma Revista Digital de distribuição gratuita dedicada à História de Sintra e o seu segundo livro Sintra Lendária – Histórias e Lendas do Monte da Lua . 



Ladrões de bicicletas


No âmbito da comemoração do Dia do Patrono, convidámos a comunidade escolar ao visionamento de um filme do movimento neorrealista, "Ladrões de bicicletas".
A par da obra de Roberto Rossellini e LuchinoVisconti, Vittorio de Sica deixou-nos um clássico que puderam (re)descobrir, no auditório, às 8h15 e às 13h30.


Ladrões de Bicicletas - Ladri di Biciclette
Vittório de Sica, Itália, 1948
Longa-metragem, Ficção, 85'

Sinopse: A história de um desempregado a quem roubam a bicicleta, que era absolutamente necessária para encontrar trabalho. A desesperada busca que faz com o seu filho através da cidade de Roma é pretexto para uma crónica da Itália me crise do pós-guerra e, principalmente, para o retrato de uma relação entre pai e filho.







Desafio cinéfilo

Congratulamos os alunos José Esteves (10º H), Duarte Lopes (10º F) e Daniela Sousa (10º J) que responderam, com sucesso, ao desafio cinéfilo do mês de dezembro, relativo ao filme Intriga Internacional, do mestre do suspense, Alfred Hitchcock.




quarta-feira, 7 de dezembro de 2016

Feira do livro de Natal


Nesta quadra natalícia, convidamos toda a comunidade escolar a participar numa troca de livros, substituindo um título lido por outro a descobrir.    
Os leitores da ESMT esperam por ti. 

Na biblioteca, de 12 a 16 de dezembro.






quinta-feira, 1 de dezembro de 2016

Amnistia Internacional - Maratona de Cartas 2016


Por ocasião do Dia Internacional dos Direitos Humanos, a 10 de dezembro, a biblioteca da ESMT apela à participação no maior evento global de direitos humanos organizado pela Amnistia Internacional, a Maratona de Cartas.



Os casos


Este ano, a Amnistia Internacional Portugal adotou os seguintes quatro casos:

Annie Alfred (Malawi)
Annie é o rosto da campanha em defesa das pessoas com albinismo no Malawi, onde 7 000 a 10 000 homens e mulheres correm o risco de ser perseguidos, mesmo pela sua própria família, só por terem nascido com uma diminuição ou falta de pigmento em zonas superficiais do corpo.






Edward Snowden (Estados Unidos)
Este analista de sistemas, ex-administrador de sistemas da CIA e ex-contratado da NSA lançou um movimento global de defesa da privacidade na era digital, ao provar que os governos vigiam os nossos dados pessoais: emails, localização de comunicações telefónicas, histórico de internet e muito mais, sem o nosso conhecimento. Snowden, acusado de ter vendido segredos de estado, está impedido de regressar aos Estados-Unidos. 





Eren Kerskin (Turquia) 
Esta advogada e antiga jornalista, acérrima defensora dos direitos das mulheres, tem criticado abertamente o tratamento infligido pelas autoridades turcas à minoria curda, enfrentando, por este motivo, a perseguição e intimidação judicial no seu país. Arrisca, presentemente, a detenção e uma longa pena de prisão.





Shawkan (Egito)
O fotojornalista Mahmoud Abu Reid, mais conhecido como Shawkan, foi preso há 3 anos, por ter fotografado a repressão policial numa manifestação a 14 de agosto de 2013, no Cairo. Shawkan contraiu o vírus da Hepatite C na prisão e tem-lhe sido negado qualquer acesso a tratamento médico.





Clica aqui para acederes ao site da Amnistia Internacional de Portugal e assinares as cartas desta Maratona.

Colabora nesta campanha para a defesa dos direitos humanos!



domingo, 20 de novembro de 2016

Cinema de animação na ESMT


Dando continuidade à projeção de filmes inseridos no Plano Nacional de Cinema, selecionámos duas curtas de animação que certamente agradarão ao nosso público: "A Suspeita", de José Miguel Ribeiro e "Pedro e o Lobo", de Suzie Templeton.



A Suspeita


A Suspeita
José Miguel Ribeiro
Portugal, 1999
Curta-metragem, Animação, 25’37’’

O realizador de cinema de animação português José Miguel Ribeiro granjeou reconhecimento internacional, em 1999, com a exibição de "A Suspeita". Os vinte e seis prémios obtidos fazem desta obra o filme de animação português mais galardoado de sempre.

Sinopse - Um compartimento de comboio, quatro pessoas, um revisor, um canivete e um potencial assassino. Chegarão todos ao final da viagem?



Pedro e o Lobo



Pedro e o Lobo| Peter and the Wolf
Suzie Templeton
Reino Unido, Polónia, México, Noruega, Suiça, 2006
Curta-metragem, Animação, 33’

A realizadora britânica Suzie Templeton venceu vários prémios, entre os quais o óscar para a melhor curta metragem de animação em 2008, com esta adaptação do compositor russo Sergei Prokofiev. 

Sinopse
Pedro é um rapaz muito solitário e que tem como amigo um pato. Quando um lobo ameaça o seu amigo pato – bem como o gato gordo do seu avô, e um pássaro com a asa partida de que Pedro se tornou amigo – Pedro, corajosamente, tenta apanhar o lobo.



quarta-feira, 2 de novembro de 2016

Cinema na Miguel Torga é fixe!





Dando continuidade ao projeto iniciado no ano transato, os alunos da ESMT tiveram a oportunidade de assistir a mais um filme do Plano Nacional de Cinema. Desta feita, e numa clara alusão ao Halloween que todos gostam de evocar nas aulas de Inglês, foi escolhido o clássico de Tim Burton, Eduardo Mãos de Tesoura.
Assim, numa penumbra repleta de emoções, onde não faltaram risos, exclamações, e, convenhamos, muito cochicho, partilhámos esta experiência cinéfila que terminou com o já habitual concurso.

Congratulamos aqui a Jéssica, do 8º D e a Aissatu, do 9º E, vencedoras deste passatempo do mês de outubro.






sexta-feira, 21 de outubro de 2016

Biblioteca escolar: uma janela para o mundo



Em comemoração do Mês Internacional da Biblioteca Escolar (MIBE) e dos 20 anos do lançamento da Rede de Bibliotecas Escolares, decorreu esta semana uma Estafeta de Leitura na ESMT. De turma em turma, os alunos convidados foram passando o testemunho com o excerto de um texto de Jorge Luís Borges, que aqui deixamos.

"Dos diversos instrumentos do homem, o mais assombroso é, indubitavelmente, o livro. Os outros são extensões do seu corpo. O microscópio e o telescópio são extensões da vista; o telefone é o prolongamento da voz; seguem-se o arado e a espada, extensões do seu braço. Mas o livro é outra coisa: o livro é uma extensão da memória e da imaginação.
Em «César e Cleópatra» de Shaw, quando se fala da biblioteca de Alexandria, diz-se que ela é a memória da humanidade. O livro é isso e também algo mais: a imaginação. Pois o que é o nosso passado senão uma série de sonhos? Que diferença pode haver entre recordar sonhos e recordar o passado? Tal é a função que o livro realiza."
(...) Se lemos um livro antigo, é como se lêssemos todo o tempo que transcorreu até nós desde o dia em que ele foi escrito. Por isso convém manter o culto do livro. O livro pode estar cheio de coisas erradas, podemos não estar de acordo com as opiniões do autor, mas mesmo assim conserva alguma coisa de sagrado, algo de divino, não para ser objeto de respeito supersticioso, mas para que o abordemos com o desejo de encontrar felicidade, de encontrar sabedoria." 

Jorge Luís Borges, in 'Ensaio: O Livro'







Aprende a descodificar
o teu mundo.






 


terça-feira, 17 de maio de 2016

Exposição "Floresta não é só paisagem"





Na biblioteca, de 17 a 22 de maio.